Início / Marmitas Fitness / Quanto cobrar por uma marmita fitness?

Quanto cobrar por uma marmita fitness?

Você já organizou todo o projeto do seu negócio e está pronto para começar a produzir e vender suas marmitas saudáveis. Agora, entretanto, surge uma dúvida. Quanto cobrar por uma marmita fitness?

Como cobrar por uma marmita fitness?

Pensando nessa dúvida que pode ser recorrente para muitos, traremos a seguir algumas dicas que você pode seguir para chegar até o preço final do seu produto. Lembre-se que é importante fazer essas contas antes, porque, depois, o prejuízo pode ser irrecuperável.

 1. Defina os ingredientes

A primeira coisa que você precisa fazer é definir seu cardápio e ver quais ingredientes estarão presentes em cada uma. A quantidade de cada produto em cada uma das marmitas saudáveis definirá o valor final pelas quais serão comercializadas.

Lembre-se que você precisa verificar quais são os produtos e a forma como eles são comprados, se por pacote, maço, pedaço, quilo, etc.

 2. Divida os ingredientes em porções

Agora que você já tem os seus ingredientes, precisa saber quantas marmitas fitness cada um deles rende. Vamos começar com cinco marmitas. Você pode verificar, por exemplo, que para montá-las completamente precisará de meio pacote de arroz integral, meio tomate, um filé de frango de 200gr, etc.

Lembre-se que a ideia é verificar quanto de cada produto você colocará em cada uma das marmitas saudáveis, para que possamos chegar ao preço final de venda. Então, se for possível, seja bem meticuloso ao verificar essas quantidades.

Não se esqueça que os temperos, o gás e o óleo também entram na sua conta. Mas estes podem ser feitos por uma estimativa, pois o uso é pequeno em cada uma das marmitas fitness. Não pode, entretanto, ser zerado.

curso completo marmitas fitness

3. Faça os cálculos

Agora é a hora mais temida, o momento de fazer contas. Então, você pode dividir o preço de um pacote de arroz integral que custou R$10 e rendeu 10 porções. Logo, você gastou R$1 de arroz em cada marmita saudável. Entendeu a ideia?

O calculo deve ser realizado com todos os ingredientes. Fique bastante atento a isso porque se os seus produtos forem muito mais caros do que o valor final de venda da sua marmita fitness, você sairá no prejuízo.

4. Embalagem

Com o custo do produto bruto em suas mãos, agora você precisa acrescentar outros valores. A primeira coisa é a embalagem. Existem várias delas no mercado e você precisa fazer as contas levando em consideração a que escolherá para as suas marmitas saudáveis.

5. Transporte

O transporte até a casa do cliente também tem custos. Se o entregador é terceirizado precisa receber, se ele faz parte da empresa, haverá gastos com combustível, manutenção e salário, por exemplo.

Você também pode gostar dessa leitura:
>> Como vender pelo Ifood?

Os valores gastos para que a marmita chegue até o cliente também entram no valor de venda.

6. Alterações de preços

Como você trabalha com produtos diferenciados e naturais, suas marmitas fitness podem precisar sofrer algumas alterações de valor, em virtude do aumento de preço de algum produto que seja de difícil substituição.

Se isso for necessária, utilize de toda a transparência e deixe claro para os clientes os motivos que levaram a alteração. Clientes que se alimentam com marmita costumam criar uma rotina, então é importante que você os avise, se possível, com antecedência.

Faça muitas vendas

Agora você já sabe o básico para definir o valor que cobrará por cada uma das suas marmitas saudáveis.

No mercado é possível encontrar marmitas que vão de R$12 a R$20, mas o seu preço dependerá da sua realidade.

Você também pode gostar dessa leitura:
>> Como ganhar dinheiro com marmitas fitness

Evite basear o preço das suas marmitas fitness apenas no dos concorrentes, pois suas realidades são diferentes, bem como seus fornecedores.

curso completo marmitas fitness

Leia também: